Untitled Document Bom dia, seja bem vindo! - Domingo,   -  
 
Dicas de Saúde / Psicologia
 
LUTA CONTRA O FUMO
Visualizações : 1134
Muitos fumantes não conseguem abandonar o vício. Essa dependência pode ter causas psicológicas?

Um dos motivos que levam o fumante a não conseguir parar de fumar é a nicotino dependência, ou seja, a nicotina atua de uma forma específica no cérebro, fazendo com que o dependente de nicotina tenha uma sensação de prazer, aumento de rendimento e redução da ansiedade. Outro motivo são os significados ou funções que o ato de fumar tem na vida da pessoa. Muitos fumantes têm na nicotina uma sensação de aconchego, relaxamento e amparo, além do cigarro também ser uma forma de lidar com a solidão ou estimular a criatividade.

Existem instrumentos específicos para identificar as causas da dependência em cada pessoa, aplicados por psicólogos, médicos, enfermeiros e demais profissionais capacitados. Quando é detectado que a dependência da nicotina está ligada a questões psicológicas, a psicoterapia torna se uma aliada importante na sua superação. O paciente realiza junto com o psicólogo um histórico para identificar características de personalidade e do uso do tabaco. Logo depois, são aplicados instrumentos para verificar o grau e o tipo de dependência, assim como o nível de motivação para parar de fumar. Muitas vezes, a pessoa está em conflito entre o desejo de parar e a vontade de continuar fumando. Torna se necessário, antes de iniciar o tratamento, eliminar as crenças negativas ou decisões limitantes, aprender a lidar com as tensões e ansiedades e fortalecer emocionalmente o paciente.

Matéria enviada pelo colaborador:
Dr.Arnaldo Contini Franco CRM 33881
 
Fonte : Janice Ornieski, psicóloga, Curitiba Publicado : 21/11/2008
Voltar
© 25/11/2007 - Paróquia São José / Diocese de Presidente Prudente SP - Fone (18) 3917 2500
Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvido por Delorean Tecnologia em Sistemas de Informação
www.deloreantecnologia.com.br - Contato (18)3222 6348