Untitled Document Boa noite, seja bem vindo! - Quinta-feira,   -  
 
Dicas de Saúde / Psicologia
 
PTOSE Amamentar causa flacidez no seio?
Visualizações : 1306
A amamentação não causa flacidez nas mamas, o que acontece é uma soma de fatores que culminam com a ptose (queda) das mamas após a gestação e a amamentação.

Logo no início da gestação as mamas já apresentam um aumento de volume por ação hormonal fisiológica e necessária para a produção de substâncias essenciais para o desenvolvimento fetal. Esse aumento se dá às custas de hipertrofia da glândula mamaria e de deposição de gordura, o que não tem relação direta com a produção de leite.

O volume das mamas permanece aumentado até o final da amamentação, período no qual as mamas ficam ainda maiores e mais túrgidas, pela maior circulação sanguínea.

As mamas humanas não têm depósito de leite, o leite é produzido à medida que o bebê suga os mamilos (são como as glândulas salivares e lacrimais). Quando o bebê já não mama e não há estímulo para a produção de leite, as mamas reduzem de volume podendo atingir o seu volume inicial, mas a pele que foi distendida pode não retrair na mesma proporção, resultando em mamas ptosadas.

Então, o ato da amamentação ou a ocorrência de gestação não são determinantes da flacidez das mamas, o que podemos confirmar por muitas mulheres que gestaram e amamentaram e não apresentaram ptose mamária, ou por não terem apresentado uma grande variação de volume ou por terem a pele com maior elasticidade.

Observou se que as mamas de mulheres mais jovens e na primeira gestação tendem a ter maior aumento que nas mais adultas e nas gestações subsequentes.

A herança genética é determinante na qualidade da pele, mas hábitos podem influenciar, entre eles o tabagismo, a exposição excessiva ao sol e a falta de hidratação contribuem para a pior qualidade da pele. O mesmo efeito é observado na pele abdominal após a gestação.

Com o avançar da idade, a glândula mamária é progressivamente substituída por tecido gurduroso (gordura), e esse processo fisiológico é esperado para todas as mulheres. Com essa substituição, o volume mamário não é significativamente alterado, mas sua consistência sim, resultando em mamas menos densas à palpação.

Essa situação, associada ao desgaste esperado da pele nas pessoas com idade mais avançada, resulta em mamas flácidas e ptosadas, independente de gestação e de amamentação

Patrícia Ritter, cirurgiã plástica (Londrina)
 
Fonte : Enviado pelo Colaborador Dr. Arnaldo Contini Publicado : 17/01/2010
Voltar
© 25/11/2007 - Paróquia São José / Diocese de Presidente Prudente SP - Fone (18) 3917 2500
Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvido por Delorean Tecnologia em Sistemas de Informação
www.deloreantecnologia.com.br - Contato (18)3222 6348